Mutatis Mutandis #2: Você é o seu maior problema.

A verdade é como a luz. Na medida certa, faz enxergar. Em excesso, ofusca. Já a mentira é apenas o oposto, ou seja, a ausência da luz. Que mentiras você já contou para si mesmo(a) hoje? “Nunca mais vou beber”; “Eu mereço”; “Eu preciso”; “Não consigo”; “Ninguém me ajuda”; “Ninguém me apoia”; “É tudo mais difícil para mim”. Inúmeras são as mentiras que contamos para nós mesmos diariamente. Nem todas essas “mentirinhas” são necessariamente ruins. Algumas até nos ajudam a fugir de armadilhas. Quem nunca falou um: “Foi melhor assim…” diante de uma frustração que não tinha como ser reparada ou desfeita?! Se não há alternativa, a depender da situação, a resignação é realmente saudável para evitar um sofrimento maior e ajuda a gerar a percepção de que outros caminhos são possíveis. Há, no entanto, algumas mentiras que contamos para nós mesmos que são extremamente deletérias a nossos maiores sonhos. Um exemplo é culpar os outros, circunstancias ambientais ou até razões médicas para justificar a procrastinação de atividades essenciais para alcançarmos nossas metas. Infelizmente, todavia, essa é uma das práticas mais comuns entre as pessoas. “Não estudo porque há muito barulho na minha casa”; “Não estudo porque ninguém me deixa em paz”; “Não estudo porque minha cadeira range”; “Eu tenho déficit de atenção”. Obviamente, todas essas situações são possíveis e, de fato, ocorrem. Por outro lado, quem inventa isso para si mesmo, por mais que até tente negar, em seu íntimo, sabe que se tratam de mentiras, bem como sabe que, muitas vezes, mesmo que tais circunstancias existam, elas são contornáveis, às vezes, até sem qualquer investimento financeiro, bastando um pouco de propósito, criatividade e desejo de perseverar. Uma dura verdade é que, infelizmente, na maioria das vezes, o nosso maior inimigo somos nós mesmos. Ter consciência disso é um primeiro passo para vencer essa auto sabotagem. Em breve, vamos pensar formas de como fazer isso. #mutatismutandis

0 0 vote
Article Rating

#Ação 2:

1 - Busque uma Bibliografia compatível com suas metas. Se quer carreiras jurídicas, busque algo um pouco mais completo. Se quer concursos de nível médio, algo mais acessível. Normalmente, sinopses são o ideal para os concursos em geral. Recomendo as sinopses do Plenus. Para saber sobre o Plenus entre em contato pelo Watts: 85-98178-2828.
2 - Crie um sistema de grifos e anotações.
3 - Vá anotando os conceitos que você considera mais difíceis.
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x